Ads 468x60px

Chapter #108 - Spyro The Dragon


Nome do jogo: Spyro The Dragon
Desenvolvedora: Insomniac Games
Gênero(s): Aventura, Plataforma
Modos de jogo: Single Player
Ano de lançamento: 1998
Plataformas: Playstation

Mais um capítulo da saga Mario Verde, capítulo este de número 108. E o game de hoje foi um dos que mais me divertiram na minha infância, estou falando de Spyro The Dragon! Uma aventura em um mundo repleto de dragões, ogros e ovelhas. Composto por mapas extensos com uma jogabilidade muito boa, além das trilhas sonoras épicas que representam bem esse mundo dos dragões, jogaço.



ENREDO:
 
História bem divertidinha, em um reino mágico repleto de dragões, 5 raças de dragões viviam em plena harmonia, eram eles os Artisans, Peace Keepers, Magic Crafters, Beast Makers e Dream Weavers. Porém, um terrível Ogro chamado Gnasty Gnorc transformou todas as joias em gnorcs, e o pior, congelou todos os dragões do reino, transformando-os em cristais de gelo. Exceto Spyro, por ser ainda um filhote, e devido ao seu pequeno tamanho passou despercebido ao olhar de Gnasty.

Spyro, então o último remanescente dos Artisans, e porque não dos dragões, recebe então a missão de resgatar todos os outros dragões e recuperar as joias do reino, para então poder acabar com Gnasty e salvar o mundo dos dragões. Durante o jogo você conhece Sparx, uma libélula que acompanha o pequeno dragão durante as fases dando dicas e o ajudando a coletar itens.


JOGABILIDADE: 

A jogabilidade é um dos pontos altos do game, em um mundo tridimensional relativamente grande, você deverá explorar cada parte do mapa, para desvendar todos os enigmas do game. As várias fases são interligadas por portais dimensionais que carregam Spyro de uma área para outra. Os controles também são extremamente fáceis, possibilitando até os menos acostumados com esse tipo de jogo se saírem bem.

Dentre as habilidades de Spyro, é possível dar um impulso para obter pequenos voos, além de chifradas e é claro, cuspir fogo! Conforme você vai salvando os dragões, eles vão lhe dando dicas para encontrar os próximos dragões, isso ajuda, ou não. Como qualquer bom jogo, os níveis vão ficando cada vez mais difíceis conforme você vai avançando no game.



GRÁFICOS:

A parte gráfica do jogo é maravilhosa, cores bem vivas representando muito bem esse ambiente mágico que deve ser o mundo dos dragões, os personagens também são cheios de detalhes, não são impressionantes como em alguns outros games, mas mesmo assim estão muito bem trabalhados.


TRILHA SONORA E EFEITOS SONOROS:

A trilha sonora é bem lentinha, e bem no estilo épico, poderia ser um pouquinho mais agitada devido a situação do jogo, aonde você está em uma missão para recuperar seus amigos, mas isso também não estraga com a magia do jogo.

Os efeitos sonoros estão muito bons, vozes e barulhos se encaixam perfeitamente no jogo.


AVALIAÇÃO MARIO VERDE GAMES:

Confira agora a avaliação Mario Verde Games sobre o jogo:



CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Prós: Um game com um personagem incomum e uma proposta bacana, repleto de aventura, diversão e belas cores.

Contras: A trilha sonora não combina muito com o game, além de ele ser relativamente curto com uma dificuldade mínima.



RESUMINDO:
 
Uma obra prima, que teve duas outras ótimas sequencias, é uma pena que o game não foi muito popular por aqui, e nem em nenhum outro lugar, tanto que a série acabou morrendo, mas é um bom jogo, recomendo. As vezes me bate uma saudade desses games clássicos :')


GAMEPLAY:



E é isso aí pessoal, esse foi capítulo de número 108 da saga Mario Verde, falamos sobre Spyro The Dragon de Playstation! Até mais!

Confira outros Games Clássicos que você poderá gostar também!